Extrato de própolis para lavagem nasal?

Apesar de seu uso mais comum ser a ingestão em água morna ou chá, o extrato de própolis possui grande positividade no auxilio de crises alérgicas-respiratórias e em seu tratamento com o uso do Lota, uma vez que possui funções benéficas para nosso sistema imunológico.


As infecções das vias aéreas superiores (IVAS) constituem o grupo de doenças que mais acometem os seres humanos, sendo a população adulta capaz de desenvolver de 2 a 5 episódios anuais, enquanto crianças apresentam 7 a 10 episódios ao ano.
Contudo, estudos indicam que tanto as bactérias da espécie Streptococcus pyogenes quanto as bactérias da espécie Staphylococcus aureus – ambas causadoras de infecções das vias aéreas superiores – mostram que o extrato de própolis possui a capacidade de inibir o crescimento microbiano.
Os compostos fenólicos presentes no extrato de própolis, em especial os flavonoides, merecem destaque no papel de prevenção e combate a inflamações e infecções. Isso porque anulam radicais livres, moléculas que, em excesso, fragilizam o organismo.

 

“Suas substâncias promovem maior ativação das células de defesa, favorecendo o reconhecimento e a destruição dos micróbios.”
(José Maurício Sforcin – Imunologista) 

Com seu feito analgésico, anti-inflamatório e cicatrizante, o uso do extrato de própolis no Lota, é indicado principalmente para quem sofre com rinite e sinusite, auxiliando também em gripes e resfriados.

 

Para utilização do própolis no Lota, indicamos o uso do Própolis Sem Álcool – para evitar irritações na narina. Utilizamos de 2 a 3 gotas junto ao soro (água morna e sal).

 

                • Efeito cicatrizante para narinas, diminuindo ardência e incômodos.
                • Diminuição da secreção por seu efeito anti-inflamatório.

 

Veja também os benefícios do consumo do própolis para o Covid-19 aqui.

 

 

 

Fontes:

https://doi.org/10.1590/S0102-695X2008000300020

http://www.ipasealsaude.al.gov.br/aviso/item/2233-o-poder-da-propolis-para-saude

https://apisbrasil.com.br/post/20/a-propolis-e-seu-efeito-cicatrizante

VasconcelosH. G.; RodriguesF. O. S.; BusattiH. G. N. O. Avaliação da eficácia antibacteriana do extrato de própolis verde em bactérias causadoras de infecções nas vias aéreas. Revista Eletrônica Acervo Científico, v. 3, p. e1840, 23 dez. 2019.

 

Tempo seco? Veja 5 maneiras de umidificar o ar da sua casa!

 

A baixa umidade do ar, característica nesta época do ano, pode trazer diversos incômodas, uma vez que o tempo seco contribui para o ressecamento das mucosas das vias aéreas, facilitando o surgimento de alergias, bronquite, asma, gripes e resfriados, podendo ainda causar desidratação, levando à irritação nos olhos e garganta, além de ressecamento da pele e dermatites. Abaixo segue algumas dicas simples de como umidificar o ar da sua casa de forma super simples e fácil!


1 – Casa limpa e arejada

Tente manter as janelas e portas abertas o mais tempo possível, isso fará com que o ar circule em sua casa de forma mais fácil e intensa.

Afinal, manter o ambiente limpo é fundamental, evitando acumulo de impurezas que possam irritar nossas mucosas nasais, pele e olhos. Um pano úmido é ideal para limpeza de objetos e chão, retirando o acumulo de poeira sem espalhá-la pelo ar. 

2 – Tenha plantas em casa

Além de ser um charme a mais para sua casa e deixá-la mais bonita e aconchegante, as plantas auxiliam no processo de filtragem do ar e são umidificadoras naturais. Exemplos: Samambaia, Espada de São Jorge e Aloe Vera.

3 – Bacia com água 

Essa é uma dica super simples, basta adicionar um pouco de água em uma bacia ou balde, ideal para colocar próxima a cama antes de dormir. A medida que a água for evaporando ela irá umidificar o ar, ajudando na melhora da sua respiração e de seu sono. 

 

4 – Toalhas úmidas em pontos específicos da casa

Pendure uma toalha úmida em uma cadeira,  janela – caso ela possua grades – ou em algum local que possa mantê-la esticada, e que não irá danificar aquele local.

Com um processo bem parecido com a bacia de água, a toalha irá secar aos poucas e com esse processo de evaporação, o ambiente será umidificado. 

5 – Umidificador de ar

Caso a localidade onde você mora já tenha esse aspecto de tempo seco frequentementeo umidificador de ar é uma ótima opção.

Este aparelho é indicado para lugares secos, abafados e que tenham o uso constante de ar condicionado. Existem várias opções espalhadas pelo mercado, basta escolher o que lhe agrade mais.

Contudo para auxiliar ainda mais sobre os incômodos respiratórios causados pelo tempo seco, conheça o Lota e os benefícios da lavagem nasal. Clique aqui para saber mais!

 

 

Pandemia, lavar as narinas faz bem?

Nos dias atuais recebemos informações constantes de prevenção e cuidados na pandemia. A maior crise sanitária de todos os tempos!


Pandemia: lavar as mãos e higienizar com álcool gel, uso de máscara facial em lugares públicos. 

Além dos métodos de prevenção já conhecidos, a lavagem ou limpeza  nasal,  é um  grande auxilio  nesse momento.

Inclusive médicos, otorrinos e terapeutas recomendam lavar as narinas para auxiliar no tratamento preventivo. 

Quem trabalha com ar condicionado, resseca e tira a umidade do ar. Recomendável ter também um umidificador. 

Coriza, secreção alérgica, lacrimejamento dos olhos, desconforto geral, é melhor lavar as narinas e tomar própolis.

O primeiro cuidado é o imediato, você é o responsável pela sua saúde! 

O efeito de vasodilatação nasal, pelo uso de água morna, e do alivio respiratório que sentimos imediatamente após o uso do LOTA, são comprovados por estudos científicos. 

E como fazer isso? Simples, basta utilizar o Lota Higienizador Nasal

Bom você conhece Lota? Não?

O Lota é um aparelho simples e eficaz para limpeza nasal. 

Basta colocar água morna, um sachê de sal (cloreto de sódio) e lavar as narinas. 

Clique aqui e saiba mais sobre a lavagem nasal…

Os benefícios orgânicos e  fisiológicos.

Dentre os maiores benefícios orgânicos podemos citar o tratamento natural para rinite, sinusite, resfriados alérgicos, alergias respiratórias, auxilia também em casos de ronco quando a causa for obstrução nasal. 

A profilaxia do sistema respiratório superior é muito importante para que o órgão que talvez mais usamos no corpo, as narinas, tenham sua função plena.

Se levarmos em conta a qualidade do ar de cada ambiente, as mudanças climáticas que estamos sujeitos, umidade e poluentes atmosféricos, temos cuidar das nossas narinas com muito carinho!

 A  baixa resistência imunológica a que a maioria das pessoas estão sujeitas vem da insuficiência do ar inalado e sua qualidade. Desta forma a higienização nasal remove as placas de bactérias que se alojam na cavidade nasal, cicatriza, hidrata a mucosa e combate os efeitos nocivos da poluição do ar e do ar condicionado. 

E por experiência própria, quem usa essa técnica pode comprovar isso ! 

Benefícios Psicológicos:

E ao respirar melhor, promovemos uma melhor oxigenação cerebral, aumentando nossa lucidez, capacidade de concentração e memória.

“Lembre-se você é o único responsável pela sua vida, ela é sua, única, não transfira essa responsabilidade para terceiros. Cultive bons hábitos e eles te acompanharão por toda sua existência.”

Boa saúde.

Prof. Luís Figueiredo, Terapeuta Holístico, Quiropraxista, CRT 22031.

Por que o Lota funciona?

Talvez você já tenha se perguntado, “por que o Lota funciona?“. Bom, existe um princípio simples no qual é baseada a lavagem nasal, que é o fenômeno da difusão por capilaridade.


Porque utilizamos água morna e sal?

A água morna tem função vasodilatadora e o sal (cloreto de sódio) é imprescindível uma vez que dissolvido na água, dissocia-se em cloro e sódio, o cloro age como bactericida e o sódio como antisséptico. Lembrando que o sal tem ainda a função de ajudar a proteger o revestimento da mucosa nasal, bem como manter sua hidratação.

Para a lavagem nasal utilizamos aproximadamente 400ml de água morna e 1 sachê de sal para o lota (podendo utilizar também o sal comum de cozinha, aproximadamente um colher de café, cerca de 3g). Para sinusite, indicamos usar duas gotas de extrato de própolis, sendo o uso do própolis opcional.

 

Mas afinal, o que é o Fenômeno da difusão por capilaridade?

 

porque-o-lota-funcionaQuando você derrama uma gota de água numa folha de papel, a água se infiltra pelos capilares se espalhando por um processo chamado difusão por capilaridade. O mesmo fenômeno acontece quando lavamos as narinas, por diferença de temperatura, (água morna), e concentração, (o sal), e o tempo de passagem da
água através do septo nasal, acontece o mesmo fenômeno, a solução infiltra-se pelos capilares dos ossos do sinus frontal e seios nasais e nesse momento acontece o amolecimento das crostas, do muco, catarro, ou pus de infecções causadas pela alergia, que estão aderidas, porque os ossos são porosos. 

Já os fármacos que “secam” a secreção, fazem com que ela não saia de lá, tornando assim um ciclo de “melhora e piora”.

Com a lavagem nasal, é removida todas as impurezas, e o melhor, de uma forma totalmente natural, sem os efeitos colaterais indesejáveis dos fármacos.

Boa saúde.

Prof. Dr. Luis Figueiredo – sócio-proprietário
Quiropraxista, Terapeuta Holístico
CRT 22031 / ANQ 015/11

Karolayne Martim (equipe Lota)

O Lota no Brasil

Como tudo começou… o início do Lota no Brasil!


“Comecei a fabricar o Lota no Brasil em 1994 após conhecer a técnica da lavagem nasal. Nessa época eu utilizava constantemente descongestionantes nasais com cortisona, devido a uma forte rinite alérgica. Até que um dia ganhei de uma professora de Yoga um higienizador nasal de barro cru (na Índia são feitos assim). Logo que passei a utilizá-lo passei a notar os benefícios da lavagem nasal com solução salina e fui curado da rinite.

Com o intuito de que outras pessoas pudessem se beneficiar da mesma forma, resolvi fabricá-lo. Inicialmente nossos primeiros Lotas eram fabricados em cerâmica esmaltada e com o tempo fomos evoluindo nossa forma de fabricação e hoje estamos na quarta geração de Lotas, com a utilização da Porcelana e do Vidro, mais higiênicos, anatômicos e práticos.

A higienização nasal é uma técnica milenar é absolutamente segura, sem efeitos colaterais, e qualquer pessoa, acima de oito anos de idade que já tenha coordenação motora e entendimento consegue fazer com certa facilidade.” (Luis Figueiredo)

Atualmente atendemos individualmente através de nossa loja online (www.lota.com.br) e possuímos revendedores autorizados em diversas localidades do Brasil.

Os Lotas são enviados em embalagens que garantem sua integridade para todo Brasil e até para o exterior. Utilizamos a logística de envio de transportadoras renomadas e confiáveis e dos Correios principalmente.

Cada peça possui uma embalagem individual que acompanha manual de instrução e cuidados para conservação do Lota.

O que é o Lota?

O Lota, é um aparelho, feito de Porcelana e Vidro, destinado à higienização nasal, com registro no Instituto nacional de propriedade industrial – INPI Nº. 821779362 e INPI – DI-700421-2.

Qual a maneira correta de pronúncia?

Embora não exista no Brasil o acento circunflexo na palavra, a maneira correta da pronúncia é “lôta“, na forma masculina.

Tamanhos e Materiais:

Lotas em porcelana:
P 200ml
G 350ml

Lota em Vidro:
G 350ml

Para saber o porque o Lota funciona, clique aqui.

“Lota. Respirar bem, faz bem!”

prof. Luis Figueiredo – Terapeuta holístico, quiropraxista, sócio-proprietário

Descongestionante nasal, não é a melhor opção!

Em nosso dia a dia, quantas vezes você já se deparou com aquela mudança repentina do tempo? Com isso muitas vezes recorremos aos descongestionantes nasais, mas seu uso pode trazer grandes problemas para sua saúde, sendo desaconselhado pelos médicos.


Primeiramente, a ação dos descongestionantes não é apenas local e parte da substância vasoconstritora é absorvida pela mucosa e entra na corrente sanguínea, podendo levar à arritmia, taquicardia, hipertensão, irritação nasal, insônia, tontura, dores de cabeça e retenção urinária.

Além disso, sabia que o uso constante de descongestionantes podem causar dependência e  a chamada rinite medicamentosa? Pois é! Agora imagine, se você sofre de alguma alergia respiratória e encontra alívio em algum tipo de medicamento e começa a utiliza-lo sem orientação e prescrição médica as chances de criar dependência são enormes!

Cada vez que utilizamos esses medicamentos, os vasos desincham e melhora a passagem do ar, mas logo voltam a inchar e o nariz entope de novo, e com o tempo a pessoa vai precisar de doses cada vez maiores para o remédio fazer efeito.

Nariz entupido, o que posso fazer então?

            Lota, sal e água morna

Contudo, se você sofre com tais crises alérgicas, existe um método muito simples para minimizar e tratar de forma natural, sem os malefícios dos descongestionantes nasais, que é a lavagem ou higiene nasal utilizando o Lota Higienizador Nasal, água morna e sal.

Clique aqui para saber mais sobre os benefícios da lavagem nasal utilizando o Lota.

Abaixo confira o vídeo da série “minuto do coração” com o Dr Roberto Kalil, cardiologista, falando mais sobre sobre os perigos do uso de descongestionante nasal:

Fontes:

http://www.hospitalpaulista.com.br/entrevista-site-vix-vicio-em-neosoro-realmente-pode-acontecer-e-ate-levar-a-morte-diz-medico-como-curar/

http://www.blog.saude.gov.br/index.php/promocao-da-saude/51706-saiba-por-que-descongestionantes-nasais-nao-devem-ser-usados-em-excesso

https://www.minhavida.com.br/saude/materias/18008-descongestionante-nasal-pode-viciar-e-causar-rinite-medicamentosa

O papel do magnésio na vida celular.

O magnésio é um dos mais importantes minerais promotores da saúde. Está presente em mais de 300 reações enzimáticas do corpo humano, além de prevenir várias doenças crônicas.


O elemento magnésio geralmente está deficiente no corpo humano, e normalmente a sua presença é muito baixa em alimentos.

Muitas pessoas não possuem reserva adequada deste elemento no corpo, pois normalmente além de ingerirem alimentos com baixo teor de magnésio o próprio corpo consome este elemento intensamente em diversas situações como o estresse, doenças ou atividades físicas frequentes.

O magnésio é ainda indispensável para a perfeita estrutura e função da mitocôndria, nas células humanas. A maioria das reações na síntese de acido nucleico da proteína também necessita da presença do magnésio. 

Os ribossomos, onde se processa a biossíntese de proteínas, são altamente dependentes do magnésio para manutenção da sua estabilidade física.

Inclusive, é um elemento fundamental na formação da clorofila das plantas, entra na estrutura da clorofila possui funções adicionais a fotossíntese, fonte final de toda energia armazenada neste planeta,  daí a importância na disponibilidade deste elemento no solo e na água, para que as plantas possam tê-lo para síntese.

“Sendo regulador de processos celulares esta diretamente envolvido na contração muscular, na transmissão nervosa e neuromuscular.

Por isso o uso do magnésio na saúde humana data de milhares de anos, povos da antiguidade consumiam cinza vulcânica em pó finíssimo do Vesúvio, altamente rica em magnésio.”

Além disso, é um componente necessário ao processo da digestão, que também regula os níveis de cálcio no organismo. O magnésio desmancha calcificações, relaxa músculos e nervos, amacia articulações, cartilagens, e tendões.

Ele é absolutamente essencial à vida e necessário para todos os principais processos biológicos, inclusive o metabolismo da glicose, a produção de energia celular e a síntese de ácidos nucleicos e proteínas

Possui também participação importante nas modificações da permeabilidade celular, consequentemente na respiração celular, e nos da uma ideia importante desta ação retendo por sua vez aquilo que é necessário e rejeitando os dejetos.

Higienizador nasal de plástico? Cuidado!

Recipientes com nomes de higienizador nasal de plástico, podem esconder algumas coisas que não estão te contando.


Imagem meramente ilustrativa

Primeiramente, no caso do plástico um dos materiais da sua composição é o Bisfenol A, que é um disruptor endócrino que mimetiza os hormônios do organismo e pode causar diversos efeitos negativos sobre a saúde.

Tais como o mal funcionamento da tireoide, graves problemas neurológicos, disrupção do sistema dopaminérgico, câncer de mama, crescimento da próstata, mal funcionamento do sistema reprodutor e alteração de libido, síndrome do ovário policístico, além da alta toxicidade se for levado ao micro-ondas.

Higienizador nasal de plástico? Diga NÃO!

Confira abaixo o vídeo sobre os riscos do Bisfenol A para nossa saúde:

“Lembre-se, a menos que um produto seja rotulado para uso no micro-ondas, você não tem a garantia de saber que este produto foi testado e avaliado para este fim. A preocupação é que, se usado de forma inadequada, o plástico pode deformar, derreter ou soltar resíduos tóxicos a saúde, como o próprio Bisfenol citado anteriormente.”

Além disso, plástico com o tempo resseca, sofre arranhões e rachaduras, tem prazo de validade e devem ser substituídos com o tempo.

Nossos Lotas higienizadores nasais, são fabricados em porcelana e em vidraria de laboratório, ambos de alta qualidade, e que não precisam ser esterilizados e sim higienizados com álcool gel ou água e sabão, após seu uso.

Inclusive, mantendo todos os cuidados de conservação você poderá ter o Lota por muitos e muitos anos.

Lota Higienizador nasal

Não deixe sua saúde por conta de alguns reais de diferença, prefira recipientes de vidro, ou porcelana de boa qualidade, que são os materiais adequados para esta finalidade.

Conheça o Lota Higienizador Nasal, acesse www.lota.com.br e adquira o seu, entregamos em todo país!

Afinal, respirar bem, faz bem!

Fontes:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Bisfenol_A.

Limpeza da língua, ajuda na prevenção de doenças?

Neste momento histórico que estamos vivenciando, uma crise sanitária sem precedentes, todos de máscaras, álcool gel em todos os lugares, distanciamentos social, medo do espirro do outro, a higiene pessoal em foco,  preocupação, medo de pegar o corona,  limpar, raspar, escovar, a língua faz sentido ? 
 
Faz sentido escovar a língua com o dorso da escova? Com colheres de metal? Com raspadores de plástico? De Cobre? De aço inoxidável? Qual o melhor método de limpeza?  
 

Muitos especialistas da área de saúde, médicos, dentistas, nutrólogos, estomatologistas, consideram importante a higienização da língua para evitar que uma série de microrganismos, fungos, bactérias e vírus,  possam se acumular na sua superfície. A boca é a porta de entrada de tudo que esta dentro do corpo, pense nisso! 

“Higienizar a língua só traz vantagens, segundo Ricardo Schmitutz Jahn, cirurgião-dentista, membro da Câmara Técnica de Periodontia do CROSP (Conselho Regional de Odontologia de São Paulo) e professor do curso de odontologia da Unisa (Universidade Santo Amaro).”

Escovamos os dentes todos os dias, três ou mais vezes ao dia, principalmente após as refeições, para tirar os restos de alimentos dos dentes, e resíduos que ficam entre os dentes com fio dental, se não forem removidos causam fermentação, mau hálito, cáries, inflamação nas gengivas.

E quanto aos aparelhos, bom mesmo é o aço inoxidável com dupla superfície limpadora, que não provoca ânsia, faz uma limpeza profunda e eficaz, devolvendo o aspecto rosado à língua tirando toda saburra e os resíduos incrustados nas papilas. 

As escovas não foram feitas para limpar a língua e sim os dentes, por isso além de não limparem nada espalham a saburra com as bactérias na boca que estão sujeitas e serem engolidas e fermentadas no estomago, provocando azia, gastrite. 
 
Os limpadores de plástico, ineficientes, além de acumularem resíduos e bactérias neles mesmos, são descartáveis, provocam ânsia e não funcionam, jogar dinheiro fora. 
 
Os limpadores de cobre, oxidam e produzem uma substancia em sua superfície chamada zinabre, um aspecto esverdeado da oxidação do cobre, veneno !

Esta substância é facilmente absorvida pelo nosso organismo, por ingestão ou
mesmo contato com a pele, e é altamente tóxica, causando danos ao fígado, problemas dermatológicos e neurológicos.
A limpeza da língua eficaz e introduzida como hábito de saúde é muito importante, o limpador de aço inoxidável ou raspador de língua de aço inoxidável é o mais indicado para essa pratica, não da ânsia de vômito, super higiênico, fácil de higienizar com álcool gel, não machuca a língua e limpa de verdade, não é enganação como pequenas cerdas no dorso de escovas de dentes, ou raspadores de plástico que espalham a saburra na sua boca e você acaba engolindo, e fermentando no seu estômago, te causando mau hálito ou gastrite. 

Como normalmente acordamos todos os dias após uma noite de sono? Boca seca, as bactérias e fermentação nos incomodam muito, que fazermos logo ao acordar ? Escovamos os dentes. O que poucas pessoas sabem é que depois da escovação, é um bom habito limpar a língua, para tirar a saburra.  
Saburra, é a própria sujeira que fica acumulada no dorso da língua, incrustada nas papilas linguais, que  se não forem removidas fermentam e produzem  gases a base de enxofre por isso a sensação de boca amarga, seca, fermentada. 
Trata-se de um acúmulo de restos de alimentos, proteínas, gorduras, células descamadas e, principalmente, bactérias. 
Essa saburra pode ter vários aspectos e cores diferentes, variando de manchas esbranquiçadas, passando por castanhas, esverdeadas e enegrecidas. 
A saburra é uma das mais comuns e principais causas do mau hálito. 
Língua com aspecto de ressecamento também pode indicar que algo não vai bem, em geral, por condições sistêmicas ou decorrentes de uso de algumas medicações que causam diminuição na produção de saliva. 
Uma língua saudável deve ter uma cor rosada, brilhante, com um aspecto aveludado discreto e superfície úmida. 
 
A cor da saburra no exame visual pelo médico, determina saúde ou doença no grau 0 lingua limpa saúde boa, no grau 5 língua suja doenças orgânicas. 
 
Branco: Uma língua branca é geralmente um sinal de desidratação e detritos preso dentro das papilas. 
Pode ser também por cuidados como escovar e limpar a língua regularmente ou até pelo hábito de fumar.
Preto: língua preta é o resultado de bactérias e detritos que se acumulam na superfície da língua.
Pode ser causado pelo abuso de tabaco e produtos químicos (por exemplo enxaguantes e antibióticos).
É muito desagradável à vista, porém geralmente pode ser removido apenas com cuidados de limpeza como boa escovação.
Vermelho: Mais uma vez, uma língua bem vermelha pode ser sinal de escarlatina ou doença de Kawasaki.
Marrom: É bem raro a língua adquirir essa cor, porém quando ocorre merece muita atenção, pois pode ser um sinal de melanoma – uma das formas mais mortais de câncer de pele.
Amarelo: O cigarro, febres e desidratação muitas vezes podem causar a coloração amarela na língua.
Em casos extremos, pode igualmente ser um sinal de doença hepática. 
Preste muita atenção ao que você está colocando em sua boca e se certifique de que você está limpando-a correta e regularmente. 
Conclusão: a língua não é apenas responsável por funções sonoras ou gustativas. A aparência dela pode mostrar sinais de que há coisas sérias acontecendo em seu corpo. 
 
Dê uma olhada para dentro de sua boca agora – qual a aparência de sua língua?
 
Fontes: 
https://www.homebrewtalk.com.br/threads/cobre-%C3%A9-t%C3%B3xico.409069/
https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2021/02/05/modinha-ou-tem-sentido-limpar-a-lingua-traz-algum-beneficio-real-a-saude.htm
prof. Luis Figueiredo. Terapeuta Holístico – Quiropraxista 

Tomar própolis aumenta a imunidade e auxilia no tratamento do covid-19?

 

Estudo inédito brasileiro diz que sim! Boa notícia !

Um estudo brasileiro e inédito indica que o extrato de própolis é benéfico no tratamento da Covid-19. A pesquisa mostrou que a administração da substância em pessoas infectadas é capaz de reduzir em 50% o tempo de internação e diminuir os danos renais.

Os pesquisadores chegaram a essa conclusão após avaliar o impacto da substância em 124 pessoas com Covid-19 entre junho e agosto de 2020.

Todos os voluntários tinham cerca de 50 anos, comorbidades similares, apresentavam sintomas havia cerca de oito dias e o mesmo grau de acometimento pulmonar – em torno de 50%.

Os participantes foram divididos aleatoriamente em três grupos: o primeiro era composto por pacientes que foram submetidos ao tratamento hospitalar padrão para a doença. Já os outros dois receberam, além do protocolo padrão, doses diferentes de extrato de própolis, 400 mg ou 800 mg por dia.

Os resultados mostraram que os pacientes que receberam extrato de própolis se recuperaram mais rápido, com um período de internação 50% menor do que aqueles submetidos apenas ao tratamento padrão. Além disso, aqueles que tiveram acesso à substância apresentaram índice menor de lesão renal aguda.

Em pacientes que receberam a dose maior, o risco foi de 4,8%; já entre os que receberam a dosagem menor, o risco atingiu 12,5%.

Por fim, no grupo que recebeu o tratamento convencional do hospital, o risco atingiu 23,8%. “Ainda sobre a questão renal, todos os pacientes que receberam as cápsulas de própolis não apresentaram necessidade de diálise, diferentemente dos outros que tiveram o tratamento padrão.

Além disso, a pesquisa mostrou ainda uma tendência entre os pacientes que receberam extrato de própolis de precisar menos de intubação, disse Marcelo Silveira, pesquisador clínico da Apis Flora e do Instituto D’Or, responsável pela condução do estudo.

Leia mais em: https://veja.abril.com.br/saude/estudo-inedito-indica-beneficios-do-propolis-no-tratamento-da-covid-19/

O própolis é uma substância naturalmente produzida pelas abelhas a partir da seiva das árvores, que é combinada com a cera e a saliva das abelhas, resultando em um produto marrom pegajoso que serve como revestimento e proteção da colmeia.

Atualmente já foram identificados mais de 300 compostos no própolis, a maioria na forma de polifenóis que atuam como antioxidantes, lutando contra doenças e danos no corpo humano. O própolis ainda possui propriedades que protegem contra bactérias, vírus e fungos, bem como é anti-inflamatório e ajuda a tratar da pele.

A forma de apresentação mais comum do própolis é o “extrato de própolis” que pode ser ingerido, mas também existem outros produtos que utilizam este ingrediente como cremes, pomadas, comprimidos e até cosméticos.

Para que serve o própolis?

Os estudos feitos com própolis têm demonstrado que a substância tem várias propriedades medicinais. Dessa forma, pode ser usado para:

1. Acelerar a cicatrização de feridas

Foi comprovado que o própolis tem poder de atuar sobre lesões de pele impedindo o crescimento e a ação das bactérias, leveduras e fungos, antecipando o processo de cicatrização.

Quando comparado à ação anti-inflamatória da Dexametasona, o própolis apresentou melhores resultados no tratamento de feridas cirúrgicas da boca. O própolis também acelera a cicatrização de feridas nos pés de pessoas com diabetes e promove a recuperação de queimaduras, pois acelera o crescimento de novas células saudáveis.

2. Aliviar processos inflamatórios

Uma das propriedades mais conhecidas do própolis é sua ação anti-inflamatória, que parece ser capaz de aliviar a inflamação localmente, mas também em todo o organismo.

Por esse motivo, o própolis tem sido muito utilizado para tratar a dor de garganta, gripe, sinusite e amigdalite e ajudar a tratar problemas respiratórios.

3. Ajudar a tratar a herpes

Já existem pomadas que contêm própolis em sua composição, como Herstat ou Coldsore-FX, que atuam na diminuição dos sintomas e na cura mais rápida das feridas de herpes labial e genital. No entanto, o própolis sozinho também vem apresentando resultados, se aplicado de 3 a 4 vezes ao dia sobre a ferida, o tempo de cura tem sido mais eficiente do que com outras substâncias, como o Aciclovir, e além disso a utilização do creme de própolis já tem associação com a proteção do corpo contra futuras lesões por herpes.

4. Curar aftas e gengivites

Por suas propriedades antimicrobianas, tomar própolis todos os dias, por via oral, combate e reduz as aftas bem como previne que elas apareçam. O mesmo acontece nos casos de pessoas com gengivite, que é inflamação da gengiva, onde o própolis pode ser usado em gel ou com enxague prevenindo e reduzindo os sinais da doença, além de auxiliar a combater o mau hálito.

5. Prevenir contra o câncer

Estudos sobre a ação do própolis no tratamento do câncer de mama vem sendo realizados e utilizando-o como terapia complementar, não tratamento único, já apresenta resultados significativos. Foi comprovado que possuem efeitos anticancerígenos pois sua capacidade antinflamatória consegue reduzir a chance de as células se tornarem cancerosas e impede que elas se multipliquem.

Devido a sua facilidade no manuseio e acesso e baixo custo em relação aos benefícios que traz, o própolis vem sendo cada vez mais estudado e consumido.

6. Proteger contra a Helicobacter pylori

O própolis atua como um antimicrobiano, devido sua capacidade antinflamatória, antioxidante e por modelar as atividades enzimáticas, tem se tornado uma alternativa útil e eficaz no tratamento contra H. pylori, bactéria que vive no estomago e causa gastrite, que é a inflamação do estômago, úlcera péptica e até alguns tipos de câncer.

Como usar o própolis:

Uso mais comum do extrato de própolis com álcool e sem álcool.
  • Com álcool para tomar de manhã em jejum, uso adulto, 20 a 30 gotas em meio copo de água morna, pode se acrescentar uma colher de chá de mel para alívio do gosto. 
  • Sem álcool é mais usado na água do Lota Higienizador Nasal, veja uso do Lota no site www.lota.com.br para tratamento natural de Sinusite, Rinite, Gripes, Resfriados, Alergias respiratórias. 

O própolis pode ser usado de diferentes formas: aplicado diretamente sobre a pele; na água para fazer inalações com o vapor; no gargarejo ou pode ser tomado puro ou diluído em água ou chá.

Já existem no mercado cremes, pomadas e loções contendo a substância, já para ser ingerido ele é encontrado em forma de comprimidos, extrato líquido e cápsulas e também existe em alimentos funcionais e cosméticos. O própolis pode ser encontrado e adquirido em farmácias e lojas de produtos naturais ou diretamente com os produtores.

O própolis tem uma composição diferente em cada lugar do mundo e por isso ainda não existem estudos que indiquem uma dose recomendada. Geralmente existe uma recomendação de dose sugerida no rótulo do produto mas é indicado consultar um médico antes de fazer uso.

Fontes de pesquisa:

https://www.tuasaude.com/extrato-de-propolis/amp/

https://veja.abril.com.br/saude/estudo-inedito-indica-beneficios-do-propolis-no-tratamento-da-covid-19/

Prof. Luis Figueiredo – Terapeuta Holístico e Quiropraxista. CRT 22031